Queimados

Cirurgia Plástica Reparadora

Queimados

Pacientes vítimas de queimaduras superficiais (primeiro grau e segundo grau superficial), tem as áreas de queimaduras reepitelizadas em até duas semanas apenas com curativos e cuidados apropriados.
Queimaduras mais graves (segundo grau profundo e terceiro grau) requerem tratamento cirúrgico para restabelecimento de cobertura cutânea adequada.

Essas cirurgias são realizadas em centros especializados, com equipe multidisciplinar (cirurgião plástico, enfermeiros, fisioterapeuta, nutricionista, psicóloga), geralmente com internações prolongadas dependendo da gravidade (15 a 40 dias) e algumas vezes com múltiplos procedimentos cirúrgicos.
As cirurgias realizadas nesses casos são diversas, como desbridamentos cirúrgicos (retirada de tecidos necróticos), enxertias de pele, retalhos locais, uso de matriz dérmica, até transplantes microcirúrgicos de tecidos em casos complexos.
A indicação de cada um depende da gravidade e localização das queimaduras.

Outros procedimentos


Quer receber informações e curiosidades em Cirurgia Plástica? Cadastre-se!